Escolha e compre um proxy

Proxies de data center

Proxies rotativos

Proxies UDP

Perguntas frequentes

Os servidores proxy são usados para várias finalidades, incluindo:

  1. Contornar restrições: Se o acesso a determinados sites ou serviços estiver bloqueado em seu país, um servidor proxy poderá ajudá-lo a contornar a restrição e obter acesso ao conteúdo.
  2. Anonimato: Ao usar um servidor proxy, seu endereço IP é substituído pelo endereço do servidor proxy, o que pode ajudar a ocultar sua localização e proporcionar anonimato.
  3. Melhoria do desempenho da Internet: Os servidores proxy podem armazenar dados em cache e acelerar o carregamento de páginas da Web.

Há vários tipos de servidores proxy que podem ser usados para diferentes finalidades:

  1. Proxies HTTP: Trabalham com tráfego HTTP e são frequentemente usados para contornar bloqueios e filtros no nível do URL.
  2. Proxies HTTPS: Trabalham com tráfego HTTPS e podem proteger as informações transmitidas pelo protocolo HTTPS.
  3. Proxies SOCKS: Eles podem trabalhar com vários protocolos, incluindo HTTP, HTTPS e FTP, além de protocolos de rede como TCP e UDP.
  4. Proxies de FTP: Podem ser usados para fazer download de arquivos da Internet.
  5. Proxies SMTP: Podem ser usados para enviar e receber e-mails.
  6. Proxies de DNS: Eles podem ser usados para contornar a censura e filtrar endereços de URL em nível de domínio.

Servidor, botnet e proxies residenciais são tipos diferentes de servidores proxy que podem ser usados para contornar restrições e navegação anônima na Web.

Os servidores proxy são servidores proxy localizados em servidores remotos, fornecendo aos usuários acesso à Internet por meio de um endereço IP diferente. Esses servidores proxy são normalmente usados para contornar as restrições da Internet e ocultar o endereço IP real do usuário.

Os proxies de botnet são servidores proxy controlados por agentes mal-intencionados por meio de um botnet. Um botnet é uma rede de computadores infectados com malware e controlados remotamente pelos invasores. Esses servidores proxy são frequentemente usados para ocultar a localização real dos invasores durante ataques cibernéticos.

Os proxies residenciais são servidores proxy localizados nos computadores domésticos dos usuários que instalaram um software especial. Esses servidores proxy são normalmente usados para contornar restrições e proteger informações privadas na Internet.

Os proxies de servidor oferecem maior desempenho e segurança em comparação com outros tipos de proxies porque operam em servidores dedicados com altas velocidades de conexão e processadores potentes. Isso garante acesso mais rápido aos recursos da Internet e reduz a latência. Além disso, os servidores proxies podem oferecer melhor proteção contra fraudes, malware e outros tipos de ataques cibernéticos. Eles podem bloquear o acesso a sites mal-intencionados e controlar o acesso a recursos por meio de políticas de segurança.

E mais uma coisa: ao contrário dos proxies de botnet, os proxies de servidor são legítimos.

Para garantir a alta qualidade e a confiabilidade dos servidores proxy, é necessário usar equipamentos de alta qualidade, profissionais qualificados e atualizar continuamente o software. Tudo isso exige despesas significativas com equipamentos, contratação de especialistas e manutenção.

Portanto, os servidores proxy não podem ser baratos se sua qualidade e confiabilidade precisarem estar em um nível alto. Se os servidores proxy tiverem preços baixos, é provável que sejam lentos, instáveis e inseguros, o que pode levar a problemas sérios quando usados na Internet.

O Socks 4 e o Socks 5 são protocolos de proxy que diferem dos proxies comuns em vários recursos. A principal diferença entre o Socks 4 e o Socks 5 está na capacidade de usar o tráfego UDP e a autenticação.

O Socks 4 é uma versão mais antiga do protocolo que não oferece suporte a autenticação, tráfego UDP ou determinação de endereço IP remoto.

O Socks 5, por outro lado, oferece suporte à autenticação, ao tráfego UDP e pode determinar o endereço IP remoto. Ele também pode ser usado para criar um canal criptografado entre o cliente e o servidor proxy.

De modo geral, o Socks 5 é considerado um protocolo proxy mais seguro e com mais recursos do que o Socks 4, e é amplamente usado para tornar anônimo e proteger o tráfego da Internet.

Aqui está uma tabela de comparação:

Proxies de servidor do Fineproxy
HTTP
HTTPS
Meias4
Meias5
Porto
8080/8085
8080/8085
1080/1085
1080/1085
Trabalhar com sites HTTPS
Não
Sim
Sim
Sim
Anonimato
Parcial
Parcial
Completo
Completo
Tráfego ilimitado
Sim
Sim
Sim
Sim
Limite da linha
Não
Não
Não
Não
Velocidade do proxy
até 100 mb/s
até 100 mb/s
até 100 mb/s
até 100 mb/s
Capacidade de trabalhar com vinculação ao IP, sem login e senha
Sim
Sim
Sim
Sim
Número de sub-redes de classe (C) no buffer do proxy
>250
>250
>250
>250

O LIR (Local Internet Registry) é uma organização responsável pela alocação e gerenciamento de endereços IP e sistemas autônomos (AS) em sua região. Os LIRs são criados para fornecer a seus clientes (organizações ou indivíduos) endereços IP e AS que podem ser usados para acesso à Internet.

Os LIRs recebem blocos de endereços IP e AS dos RIRs (Registros Regionais de Internet), que, por sua vez, recebem esses blocos da IANA (Internet Assigned Numbers Authority). Os LIRs também são responsáveis por manter a precisão e a atualidade dos registros de endereços IP e AS que gerenciam, além de colaborar com outros LIRs para troca de informações e resolução de disputas.

Sim, em alguns casos, ter um número maior de endereços IP (ou proxies) pode reduzir a probabilidade de bloqueio ou banimento. Isso ocorre porque, ao usar um grande número de endereços IP (ou proxies), alguns serviços não conseguem determinar definitivamente que todas as solicitações são provenientes do mesmo dispositivo ou usuário, o que dificulta a identificação de possíveis violações ou comportamentos mal-intencionados.

No entanto, deve-se observar que o uso de vários endereços IP ou proxies não é uma garantia de proteção completa contra bloqueios ou banimentos. Muitos serviços podem empregar outros métodos para detectar atividades suspeitas, como a análise do comportamento do usuário ou o uso de sistemas de captcha. Portanto, o uso de um grande número de endereços IP (ou proxies) não é o único meio de proteção contra bloqueios ou proibições e pode ser apenas uma das muitas ferramentas em uma estratégia de proteção abrangente.

A escolha do país do proxy para o trabalho depende de tarefas e requisitos específicos. Se você precisar trabalhar com sites e serviços que só estão disponíveis em um determinado país, deverá escolher um proxy desse país.

Se você precisa garantir a segurança e o anonimato ao trabalhar na Internet, é melhor escolher proxies de países com políticas mais rígidas em relação à proteção de dados pessoais e sistemas judiciais independentes. Nesses casos, os proxies da Europa ou dos Estados Unidos podem ser uma boa opção.

Também é importante prestar atenção à qualidade e à velocidade dos proxies para garantir um trabalho confortável e eficiente.

A velocidade da operação do proxy pode depender de vários fatores:

  1. A distância até o servidor proxy. Quanto mais distante o servidor estiver, maior será a latência e mais lento será o processamento da solicitação.
  2. A qualidade e a carga de rede do provedor de serviços de Internet pelo qual passam as solicitações ao servidor proxy.
  3. O número de usuários que usam o servidor proxy. Quanto mais usuários houver, mais lento será o funcionamento do proxy, pois o servidor precisará de mais recursos para processar as solicitações.
  4. O tipo de servidor proxy e as configurações de conexão. Alguns tipos de proxies (por exemplo, HTTP) funcionam mais lentamente do que outros (por exemplo, SOCKS5). Além disso, determinadas configurações, como a criptografia de tráfego, podem tornar a operação do proxy mais lenta.
  5. A qualidade e a carga do próprio servidor proxy. Se o servidor for executado em um hardware desatualizado ou tiver uma carga alta, isso pode resultar em um desempenho mais lento.
  6. Bloqueios e restrições. Se o servidor proxy estiver bloqueado ou tiver limitações quanto ao número de solicitações ou à velocidade, a operação poderá ficar mais lenta.

Comentários

Os servidores proxy são muito bons e úteis atualmente, pois há muitas esferas em que eles podem ser implementados. Eu uso proxy há muito tempo. O anonimato em uma rede é necessário para mim, às vezes no trabalho, às vezes para fins pessoais. Meus clientes estão nos EUA e preciso estar constantemente em conexão com eles. Seria bom avaliar o trabalho do suporte técnico, os especialistas são bons, corretos e respondem às perguntas com muita rapidez.

Prós:Serviço excelente
Contras:Ninguém
anthony richard

Eu uso proxy para o trabalho, mais especificamente o uso de endereços IP de diferentes países para análise dos aplicativos de ponta do Play Market. Proxies de diferentes países funcionam sem interrupções, posso observar o endereço da Grécia e da Alemanha. O preço é relativamente barato, a qualidade é boa. Não houve grandes atrasos.

Anton Efagul

Aplicativos muito bons, sem perda de tempo

 

Marc Castro

Proxies de data center

Proxies de data center são um tipo de servidor proxy não associado a provedores de serviços de Internet (ISP) e estão localizados em data centers. Eles atuam como intermediários entre um usuário da Internet e os recursos da Web que procuram acessar, fornecendo um endereço IP alternativo para a conexão do usuário à Internet. Isso permite ocultar o endereço IP real e a localização geográfica do usuário.

As vantagens de usar Datacenter Proxies incluem:

  1. Anonimato e segurança: Os Datacenter Proxies ajudam a ocultar seu endereço IP real e a proteger suas informações pessoais contra hackers e rastreadores online.
  2. Alta velocidade e desempenho: como esses proxies estão localizados em data centers com conexões de Internet de alta velocidade, eles geralmente oferecem velocidades de transferência de dados muito mais rápidas em comparação com os proxies fornecidos pelo ISP.
  3. Resistência ao bloqueio: o uso de proxies de data centers pode ajudar a contornar restrições geográficas e bloqueios de conteúdo, já que o endereço IP usado pode ser de qualquer lugar do mundo.
  4. Escalabilidade: Os usuários podem dimensionar facilmente o uso do servidor proxy dependendo de suas necessidades, graças à flexibilidade e à ampla variedade de endereços IP disponíveis nos data centers.
  5. Custo: os proxies de datacenter são geralmente mais baratos que os proxies residenciais (proxies fornecidos por ISPs e associados a uma residência específica), tornando-os acessíveis para uma ampla gama de tarefas, incluindo web scraping, gerenciamento de múltiplas contas e automação de marketing.

No entanto, é importante observar que alguns sites e serviços de Internet podem bloquear o tráfego proveniente de endereços IP de data centers, reconhecendo-os como não pertencentes a usuários reais. Isto significa que, para algumas tarefas, os proxies residenciais podem ser uma escolha melhor, apesar do seu custo mais elevado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Aprovado por mais de 10.000 clientes em todo o mundo

Cliente proxy
Cliente proxy
Cliente proxy
Cliente proxy
Cliente proxy